Esta pergunta foi sinalizada
219 Visualizações

Autor: Andy S Grove

Comprar


Andy Grove é um dos fundadores da Intel Corporation.Esse é um guia essencial para líderes e gerentes que desejam alcançar resultados excepcionais em suas organizações. O livro foi publicado originalmente em 1983 e se tornou um clássico no mundo dos negócios devido às suas ideias inovadoras sobre gestão e liderança.

O livro começa com a análise de uma fábrica de café da manhã. O simples trabalho de elaborar o café da manhã com ovos, torradas e uma xícara de café, tem tudo a ver com outros processos mais complexos e é usado para clarificar algumas ideias importantes como etapas limitantes, planejamento de trás para frente, a adição de testes, detecção de problemas na etapa de menor valor agregado.


Depois que sua fábrica de café da manhã começa a funcionar adequadamente e as pessoas estão amando o seu café, novos desafios começam a surgir. Para que as coisas funcionem, você precisará de bons indicadores como por exemplo, qual a sua projeção de venda, estoque de matérias-primas, a condição dos equipamentos, como está a mão de obra e finalmente, qual é a qualidade do meu produto. Estes poderiam ser a sua base para sua cafeteria. Mas o mais importante é que estas métricas precisam ser confiáveis, ou então você estará as cegas. 

Outro ponto é como crescer junto com a demanda? É necessário adicionar alavancagem nos processos, de modo que com os mesmos recursos se produza mais e em menos tempo, a automação e a simplificação do trabalho são exemplos disso, vale analisar os processos e aplicar os devidos porquês para descobrir o que pode ser modificado.


O papel do gerente

O livro dedica um capítulo específico a alavancagem gerencial. Andy questiona qual é o output de um gestor. Médicos curam pacientes, professores ensinam. Mas os gestores influenciam pessoas, e o seu output é o resultado obtido pelo grupo que está sob sua supervisão. Isso deixa claro que ele precisará se envolver em diversas atividades diferentes para conseguir estes resultados.

Também, pode ser aplicado o conceito de alavancagem na atuação de um gestor que o livro coloca de 3 formas:

  1. Influenciando muitas pessoas.
  2. Quando a atividade ou comportamento de uma pessoa é influenciado pelo gestor.
  3. Quando um grupo é influenciado por uma pessoa que transmite informação importante e desconhecida.

Muito do sucesso de um gestor, está ligado a como ele gerencia sua agenda, usando o conceito de etapa limitante, agrupando tarefas semelhantes, evitando que a agenda seja dominada por urgências deixando o gestor sem tempo para coisas importantes etc.

O livro apresenta adicionalmente que um gerente/diretor, não deveria ter mais que 6 a 8 subordinados diretos.


Reuniões

As reuniões não precisam ser vilãs na vida de um gestor. Ela é uma ferramenta que habilita os gestores a realizarem seus trabalhos. O livro separa as reuniões em 2 grupos. As orientadas ao processo e as orientadas à missão.

Reuniões orientadas a processo, são regulares, bem determinadas quanto ao começo e fim, e possuem o objetivo primário de compartilhar conhecimento e informações. O autor apresenta 3 tipos que ele emprega:

  1. Reuniões one-on-one - Ocorre entre um gestor e um subordinado- Busca-se trocar informações sobre problemas, situações específicas, melhorias e possíveis soluções. Momento para que o subordinado apresente dificuldades que esteja encontrando.A frequência destas reuniões dependerá do nível de maturidade do subordinado. Nunca devem ser de menos de 15 minutos. É importante pedir para o subordinado preparar a pauta da reunião e fazer anotações para serem retomadas na próxima conversa.
  2. Reuniões de Equipe - Ocorre entre o gestor e todos os seus subordinados. Ajuda a promover a integração, aprender sobre diálogo e confronto. Deve ser discutido qualquer coisa que afete mais de duas pessoas presentes no evento.  Deve ter uma pauta inicial, mas também espaço para sessão aberta. O gestor deve atuar como moderador, observador, crítico e tomador de decisão, atuando para que as conversa fluam.
  3. Avaliações operacionais - Momento para que os gestores menos experientes obtenham comentários e feedback dos mais experientes, que geralmente estão muito distantes. Cabe aos gestores com menor senioridade preparar a apresentação sobre os trabalhos e atividades que estão com ele para ser escrutinado. 

Reuniões orientadas a missão, não são planejadas e possuem o objetivo de produzir um resultado específico, geralmente possui um presidente que é o responsável por se chegar no resultado esperado. Costumam ser grandes ladrões de tempo e de recursos, reuniões com muitos convidados costumam não gerar resultados e são muito caras. 

É importante que este tipo de reunião tenha uma pauta bem definida e que seja limitada ao mínimo possível de convidados.


Tomada de decisão

As decisões variam de triviais, complexas ou muito simples na vida de um gestor. O modelo ideal, proposto no livro para a tomada de decisões passa por uma "discussão livre" sobre o tema, tomada de "decisão clara" e um "total apoio' da liderança superior. É claro que sempre a margem para erros e novamente o ciclo retoma a "discussão livre" para ajuste de percurso. 

É importante que o gestor tenha bem claro os seguintes pontos:

  1. Qual decisão precisa ser tomada?
  2. Quando ela precisa ser tomada?
  3. Quem vai decidir?
  4. Quem precisará ser consultado antes da decisão?
  5. Quem precisará saber da decisão?

Planejamento

O autor apresenta os conceitos do planejamento por OKR`s  ou gestão por objetivos, onde importante ter claro os seguintes aspectos.

  • Onde quero chegar?
  • Como controlo meu progresso?

A ideia deste modelo é dar foco e deve-se evitar uma grande quantidade de objetivos. Os OKR`s de cada pessoa, deveriam definir para quais coisas elas deveriam dizer sim em seu dia a dia.


Flexibilidade

Grove introduz o conceito de "inflexão estratégica", momentos cruciais em que as organizações precisam tomar decisões significativas para se adaptar às mudanças no mercado. Ele argumenta que as empresas devem estar dispostas a se adaptar e mudar constantemente para sobreviver e prosperar.  

O autor apresenta a necessidade de se adotar organizações híbridas, com estruturas funcionais e unidades de negócio, estruturas matriciais e duplo reporte.


Avaliação de desempenho

O autor destaca a importância da avaliação de desempenho como uma ferramenta para identificar pontos fortes e áreas de melhoria em indivíduos e equipes. Ele descreve como a avaliação pode ser usada para promover o crescimento e o desenvolvimento. 

O destaque está em usar este recurso para melhorar o desempenho do subordinado acima de tudo. É importante que esteja muito claro, o que se espera do subordinado para que isso funcione de verdade.

Também o gestor deve levar em conta que durante o feedback da avaliação é importante ser franco, ouvir e distanciar-se, o que significa deixar os sentimentos, inseguranças e emoções de lado.

Ele propõe um modelo de "Pontos positivos", "Pontos negativos" e "Mensagens" que devem ser aplicadas.


Realizando entrevistas   

O livro apresenta alguns aspectos que um gestor deve se concentrar.

  1. Conhecimentos e habilidades técnicas.
    1. descrever alguns projetos.
    2. pontos fracos.
  2. O que fez com esse conhecimento?
    1. Realizações
    2. Fracassos
  3. Discrepâncias
    1. O que aprendeu com os fracassos.
    2. Problemas no último emprego / atual.
  4. Valores operacionais
    1. Porque está pronto para um novo cargo?
    2. Porque deveríamos contratá-lo?
    3. O curso/projeto mais importante em sua vida acadêmica.


Lidando com pedidos de demissão

Perder um bom profissional, porque não se sente valorizado é de responsabilidade do gestor! Sua primeira reação a este momento é crucial a recomendação é que largue tudo o que estiver fazendo e resolva o assunto com o funcionário insatisfeito. Não é momento de sermões, tente descobrir o verdadeiro problema, deixa claro o quanto este profissional é valioso. Envolva seu superior no problema e na solução.

Uma situação desta quando não bem conduzida pode gerar diversos problemas com outros funcionários que gostam e respeitam aquele que está pedindo para sair e pode causar um problema muito maior.

Já leu esse livro? Tem algo que achou interessante? Compartilhe sua opinião nos comentários abaixo.
Avatar
Cancelar

Sua resposta

Tente oferecer uma resposta substancial. Se quiser comentar sobre a pergunta ou resposta, basta utilizar a ferramenta de comentários. Lembre-se de que você sempre pode revisar suas respostas - Não há necessidade de responder à mesma pergunta duas vezes. Não esqueça de votar - Selecionar as melhores perguntas e respostas é realmente útil!