This question has been flagged
1 Reply
230 Views

Autor: Simon Sinek

Esqueça tudo o que já aprendeu sobre sucesso na vida, no casamento, nas finanças, e sobre crescimento pessoal e profissional.

Pense um pouco nos produtos que você costuma comprar, quais os motivos que te levaram até a aquisição?
 
Foi o preço ? Para o vendedor trabalhar com um produto baseado em preço baixo é quase como "heroína". Gera ganhos de curto prazo muito fortes,  mas carregam uma pressão em médio e longo prazo para forçar mais ainda a baixa. 

Você comprou porque estava em promoção? As promoções são uma manipulação muito comum. Também criam laços curtos com os compradores que são fisgados e muitas vezes nem precisam daquilo que compraram.


                               


Foi o medo que fez você comprar? "A cada 36 segundos alguém morre de infarto" dizia uma campanha publicitária de um cardiologista. O medo de perder algo, não estar seguro, de estar sozinho em sua decisão "Todo mundo tem um seguro, contrate o seu antes que seja tarde", também é uma construção manipulativa e que gera resultados de curto prazo.

Foi uma aspiração? É comum ver headlines (título de noticiais) com slogans aspiracionais. "6 passos para um vida mais feliz", "Fique rico fazendo isso...", "Tenha o corpo de um atleta...". Embora positivas elas são mais eficazes com pessoas com pouca disciplina e que estão inseguros com suas habilidades. Geralmente as pessoas que escolhe este tipo de produto, buscam por algo imediatista e que irá falhar em médio e longo prazos.

Foi por pressão social? O uso de celebridades é a ordem da vez. Se o produto é bom para eles, deve ser bom para todo mundo. Se um especialista falou bem, ou então todos estão usando aquele produto, então é lei! Esta é uma forte manipulação para que você compre e não se sinta um idiota fora da curva.

Era uma novidade? Diversas inovações fizeram com que nós humanos mudássemos o rumo de nossas vidas como por exemplo a energia elétrica, a luz elétrica, rádio, telefone, internet etc. Mas as empresas entendem que isso é uma manipulação que dá muitos resultados e não é de se estranhar que ao entrar no site de uma fabricante de pasta de dentes, se encontre mais de 32 tipos diferentes de pasta dental.

Entenda que as manipulações acima geram negócios e transações, mas elas não geram fidelidade. Isso pode ser ótimo se você pretende fazer uma única transação com aquela pessoa, mas se pretende que seu negócio, sua marca pessoal seja algo sólido, este não é o melhor caminho.

O Círculo Dourado

Já ouviu falar em “Círculo Dourado”? É um conceito que nos ajuda a encontrar nosso propósito de vida, trabalho, empresa. Costumamos iniciar qualquer coisa, projeto, trabalho, respondendo com "o quê" será feito, "como" deverá ser feito, mas nunca pelo "porquê" deve ser feito.

Este conceito explica porquê pessoas tatuam o símbolo da Harley Davidson em seu corpos, porque há uma legião de fãs da Apple e o motivo por trás de alguns personagens históricos terem conseguido mover pautas tão grandes e motivar tantas pessoas a agirem.

O livro apresenta uma comparação entre a Apple e a Creative Technology. Enquanto a Apple dizia o porquê que as pessoas deveriam adquirir um Ipod "1000 canções em seu bolso", a Creative, que já tinha um produto bem qualificado, era conhecida no mercado, estava vendendo o "o quê" - "Tocador de MP3 com 5GB". Não se tratava do melhor produto!

Conhecer o seu porque como pessoa, empresa, unidade de negócio, ajudará que seu sucesso seja mais duradouro, fidelizado e inspirado.

Então, Círculo Dourado: Não tem começo, meio e fim. É um círculo contínuo de três elos:

  • Por quê?

  • Como?

  • O quê?

Sinek argumenta que o Círculo Dourado não é apenas um ponto de partida, mas um ciclo. O "Por quê" deve ser o guia constante para as ações e decisões de uma organização.

Isso cria uma cultura de confiança e autenticidade, tanto para os que estão dentro quanto para os que interagem do lado de fora. 

"O Porquê evita que tomemos decisões pela emoção"

O Autor apresenta algumas situações que podem nos levar a falhar fortemente, como muitas pessoas e empresas falharam!

Para quem cria produtos, a opinião dos clientes sobre "o quê" o produto deve ter pode parecer sagrada. Em um passado não muito distante, as pessoas compravam smartphones porque tinham e queriam um bom teclado, e foi nessa linha que a BlackBerry cresceu rapidamente! Mas ao entender o porquê de construir as coisas, a Apple popularizou um smartphone que tinha poucos ou quase nenhum botão e foi um tremendo sucesso indo contra o que os clientes mais pediam. 

Existe uma popular frase atribuída a Henry Ford que em resumo diz que as pessoas de sua época queriam cavalos mais rápidos e não carros.

O uso do porquê em seu dia a dia, lhe tornará mais focado, objetivo e determinado. O sucesso de pequenas vitórias será importante, mas o objetivo maior é o que te dará energia.  

“Estude para ter sucesso na vida.” 

Já ouviu isso certo?

Não está errado, não. Somente é uma orientação incompleta.

Se você não tem o seu motivo, sua razão, você dificilmente alcançará o sucesso. Enquanto isso, empresas de alcance impressionante, como a Apple, não conquistam apenas clientes,  elas criam fãs da marca.

Porque a empresa tem uma convicção. 

Ela tem um “porquê”.


Eles tiveram um Porquê !

Martin Luther King Jr., irmãos Wright , Steve Jobs são três bons exemplos. Comunicaram seu "Porquê" de maneira convincente e conseguiram seguidores leais.

Em resumo, "Comece pelo Porquê" destaca a importância de encontrar um propósito profundo e autêntico como ponto de partida para a liderança e os negócios. O livro argumenta que começar com o "Por quê" pode inspirar seguidores leais e levar ao sucesso a longo prazo.


Vale a leitura, livro extremamente motivador!

Avatar
Discard

Eu acho que fiquei pensando por uma semana sobre o meu porquê pessoal e o dos negócios! Esse assunto é muito mais profundo do parece... Tente dar algumas respostas rápidas e vai perceber.

 
-Por quê você faz o que faz hoje? 
-Por quê você deveria continuar a fazer isso por mais 5, 10 anos ? 
-Por quê você deveria ir para o trabalho amanhã? 
-Por quê você continua trabalhando no que trabalha embora nunca tenha amado o que faz? 
-Por quê minha empresa existe?


As respostas, "preciso pagar as contas", "faço porque alguém espera que eu faça", "se eu não fizer, quem vai fazer" ou então, "para ter muito lucro", deixam claro que entramos em um redemoinho que tende ao fracasso emocional ou nos negócios em médio e longo prazo.

O trecho abaixo tirado do livro, mostra um pouco disto, de alguém que tem um porquê muito claro:
"Sabe porque eu amo essa empresa? Cada um de nós vem trabalhar todo o dia para fazer algo que gosta. Conseguimos ajudar pessoas a fazer coisas inspiradoras... De quebra estamos indo bem nos negócios, estamos nos saindo bem, temos ótimas instalações..."  

Avatar
Discard

Your Answer

Please try to give a substantial answer. If you wanted to comment on the question or answer, just use the commenting tool. Please remember that you can always revise your answers - no need to answer the same question twice. Also, please don't forget to vote - it really helps to select the best questions and answers!