Esta pergunta foi sinalizada
444 Visualizações

O mundo mudou. A forma de se comunicar, de aprender, de guardar recordações, tudo agora é digital.

Aquela caixa de fotos reveladas que seus pais guardam em uma caixa, a estante de livros, os telefones de modelo antigo, todos foram substituídos por recursos digitais. 

Embora a leitura tenha passado rapidamente por uma transição para meios digitais, estes métodos modernos ainda não satisfazem a necessidade dos leitores mais achegados às versões de papel.


Então, sim, muitas pessoas ainda compram livros impressos.


Surpreendentemente, uma pesquisa realizada pela PwC Brasil em 2021 revelou que 92,8% da receita anual total do mercado editorial brasileiro foi proveniente de livros de papel, enquanto os livros digitais representaram apenas 7,2%. 

O principal motivo apontado para haver essa preferência é a possibilidade de fazer anotações ao lado do texto, hábito que a geração Millenials desenvolveu durante a educação primária. Já a geração Baby Boomers aponta como motivo principal a possibilidade de poder “passar adiante” a fonte de conhecimento escrita para seus sucessores.

Um hábito muito positivo e a favor do meio ambiente cresceu a partir do ano de 2018 - a aceitação de adquirir e utilizar livros usados, de segunda mão. A oferta deste produto é antiga, mas sofria de um tipo de “preconceito” - havia resistência à sua aquisição. As lojas físicas que ofertavam livros usados - denominadas "sebo" - eram vistas como antiquadas, feias e enfadonhas. Ademais, livros sofrem com a exposição à umidade, favorecendo proliferação de microrganismos que produzem um aspecto repelente no comprador. Então, ainda havia preferência pelo livro “novo”. 


Hoje, plataformas digitais como Estante Virtual, Enjoei e Literatour prestam um excelente serviço ao oferecer livros de segunda mão completamente apropriados para uso, fazendo com que o valioso conteúdo fique acessível para novos leitores. 



Um benefício especial destas plataformas é a possibilidade de você adquirir um exemplar de algum livro que foi valioso para você em algum momento de sua vida.

Quem lembra dos livros queridos da escritora Mary França e seu parceiro Eliardo França?

Relembre aqui

Ou ainda, obras lindas e marcantes como “Zezinho, o dono da porquinha preta”!


Relembre aqui

Conheça um pouco mais destas plataformas. E fica o incentivo para você, leitor, experimentar a aquisição de livros impressos de reuso. Garanto que será uma experiência positiva!

Estante Virtual

Literatour

Enjoei

Fonte de matéria

Avatar
Cancelar

Sua resposta

Tente oferecer uma resposta substancial. Se quiser comentar sobre a pergunta ou resposta, basta utilizar a ferramenta de comentários. Lembre-se de que você sempre pode revisar suas respostas - Não há necessidade de responder à mesma pergunta duas vezes. Não esqueça de votar - Selecionar as melhores perguntas e respostas é realmente útil!