Esta pergunta foi sinalizada
158 Visualizações


A profissão de cabeleireiro já existe há décadas e abriu a possibilidade da mulher e dona de casa empreender, enquanto permanece no lar e cuidando da família. 

Aos poucos, muitos homens também ingressaram na profissão, descobrindo talentos artísticos com corte e coloração, atraindo centenas de clientes desejosas por inovar no visual.


Observação: Neste artigo tratarei da profissão cabeleireiro(a). A profissão de barbeiro será comentada em outro artigo!


E você, está interessado em ter seu próprio espaço de beleza, como cabeleireira?


Antes de começar a trabalhar como cabeleireiro, é importante você procurar cursos profissionalizantes ou para técnicas específicas. Se já tiver um curso básico de cabeleireiro, especialize-se em alguma área - seja corte para algum tipo específico de cabelo, coloração ou penteados. A área é extensa, então faz sentido escolher um segmento para se especializar.

Cada procedimento capilar possui mais de uma técnica específica e deve estar preparado para realizá-las de acordo com a preferência do cliente, ou até indicar a melhor técnica para o cabelo de cada um. Você deve conhecer técnicas de tintura, corte, luzes, descoloração, alisamento, cacheamento, e assim por diante.


Outra coisa muito importante é você aprender a precificar seu trabalho

A maioria dos negócios mal sucedidos não foi muito bem planejada. Mas você pode aprender com esforço e dedicação, e gratuitamente!


Confira este curso gratuito e online do SEBRAE para precificar serviços de beleza:


​Clique aqui


Gostou? Espero que você tenha sucesso em seu novo negócio!




Avatar
Cancelar

Sua resposta

Tente oferecer uma resposta substancial. Se quiser comentar sobre a pergunta ou resposta, basta utilizar a ferramenta de comentários. Lembre-se de que você sempre pode revisar suas respostas - Não há necessidade de responder à mesma pergunta duas vezes. Não esqueça de votar - Selecionar as melhores perguntas e respostas é realmente útil!