​​

Aprenda a Lucrar sem Estoque

Entenda o que é o dropshipping e venda sem estoque

Se você é um empreendedor em busca de oportunidades para aumentar seus rendimentos, o dropshipping é uma tendência que merece toda a sua atenção. O e-commerce se tornou preferência dos consumidores segundo a pesquisa da Octa Desk: 61% dos brasileiros preferem realizar compras online ao invés de se dirigirem às lojas físicas. 

Neste artigo, vamos explorar um modelo de e-commerce que está muito popular, o dropshipping, e quais opções existem aqui no Brasil. Prepare-se para descobrir o potencial lucrativo e a conveniência desse modelo de negócio revolucionário!

O que é dropshipping?

O dropshipping é um modelo de negócio inovador que permite a você vender produtos em sua loja virtual sem precisar manter um estoque físico. Isso mesmo, você pode oferecer uma ampla variedade de produtos aos seus clientes sem investir em grandes quantidades de mercadorias. 

Como isso funciona? Simples! Quando você recebe um pedido em sua loja virtual, o fornecedor é notificado e é ele quem cuida do envio do produto diretamente para o cliente. Essa estratégia elimina os custos e os riscos associados ao estoque, permitindo que você concentre seus esforços no marketing e no atendimento ao cliente.

Com o dropshipping, você não assume a propriedade física das mercadorias e não precisa comprar um produto até que ele já tenha sido vendido a um cliente. No entanto, você vai ser o  vendedor de registro, o que significa que ainda controla o preço de varejo e a margem, promoções, vai emitir nota fiscal e fazer o atendimento ao cliente durante todo o processo da compra (e pós venda também!)

Vale a pena investir em dropshipping?

Existem várias razões convincentes para considerar o dropshipping como uma oportunidade lucrativa e sustentável, vamos ver agora os prós e contras para lhe ajudar a tomar a melhor decisão para você!

As vantagens do dropshipping: 

  • Baixo Investimento Inicial: Ao contrário de um negócio tradicional, você não precisa desembolsar uma grande quantia de dinheiro para adquirir estoque. Isso torna o dropshipping uma escolha acessível para empreendedores iniciantes ou aqueles que desejam expandir seus negócios online.

  • Flexibilidade Geográfica: Como não há necessidade de gerenciar estoques físicos, você pode administrar seu negócio de qualquer lugar com acesso à internet. A mobilidade é uma vantagem significativa para quem deseja conciliar trabalho e viagens ou manter a rotina a partir de casa.

  • Variedade de Produtos: Com o dropshipping, você pode oferecer uma ampla gama de produtos sem ficar limitado a um nicho específico. Isso permite que você teste diferentes mercados e encontre o que melhor se alinha aos interesses do seu público.

  • Escalabilidade: À medida que suas vendas aumentam, não se preocupe em ficar sem estoque. O fornecedor será o responsável por atender a demanda crescente, permitindo que você amplie suas operações com facilidade.

  • Redução de Riscos: Sem a necessidade de investir em estoque, você reduz significativamente os riscos associados a produtos “encalhados” (não vendidos, ficam armazenados e sujeitos a desvalorização, e provável perda).

As desvantagens do dropshipping: 

  • Margem de lucro baixa: Por não receber o valor completo do produto e sim uma comissão, a margem de lucro pode não ser alta já que o fornecedor acaba tendo que descontar valores como as despesas de envio e até mesmo o material usado para produção do item. Portanto, saiba que, com o dropshipping você não terá os mesmos lucros do e-commerce convencional. Mesmo assim, com uma boa gestão financeira, é possível ter ganhos interessantes.

  • Responsabilidade maior com o consumidor na entrega do produto: Apesar da logística ficar com o fornecedor, você é quem entra em contato com o cliente, faz a divulgação do produto, recebe a avaliação do cliente (e às vezes, uma manifestação de insatisfação também). Logo, é a sua marca que está em jogo.Ou seja, se você não tiver bons parceiros e acumular problemas durante o envio, seu e-commerce pode ficar com uma reputação ruim no mercado e receber muitas avaliações negativas. Sabe aquelas “estrelinhas” para avaliar um serviço/produto? Então, seu atendimento vai gerar uma reputação pública que você terá que gerenciar.

  • Dificuldade no controle do estoque: Esse é um ponto que pode ser negativo em alguns casos, porque, ao ter acesso ao estoque, é possível conferir todos os produtos que ainda estão disponíveis.No dropshipping, você pode não ter acesso aos dados do fornecedor, correndo o risco de vender um item esgotado, por exemplo. Isso vai arrasar sua reputação.

Opções de dropshipping no Brasil

No Brasil, o dropshipping está ganhando cada vez mais popularidade e, atualmente, existem diversas opções para quem deseja embarcar nessa jornada de sucesso.

Parceria com Fornecedores Nacionais: Optar por fornecedores nacionais pode agilizar o processo de entrega e reduzir custos com frete, oferecendo uma experiência mais positiva aos seus clientes. Você pode fazer buscas direcionadas, como pelos termos “fornecedor” e “dropshipping” + seu nicho de mercado.Na hora de fazer sua pesquisa, observe como é o processo logístico das opções que te agradaram, além de confirmar se existe algum tipo de taxa cobrada dos lojistas. Não hesite em fazer perguntas.Por fim, faça compras-teste antes de fechar com determinado fornecedor e confira a qualidade dos produtos. Algumas empresas enviam amostras aos lojistas, mas lembre-se de pedi-las se o próprio fornecedor não oferecer essa possibilidade.Existem plataformas brasileiras de comércio eletrônico que já tem uma lista de fornecedores de diversos nichos que você pode ver para fazer dropshipping:

  • Loja Integrada: Plataforma brasileira de e-commerce com integração disponível para dropshipping e possui lista para fornecedores nacionais.

  • Nuvemshop: Outra plataforma de e-commerce brasileira que permite a integração com fornecedores de dropshipping e também possui lista de fornecedores nacionais.

  • Venda e Cia: Uma plataforma de e-commerce para dropshipping que oferece cursos e treinamentos para quem é iniciante em comércio eletrônico.

Há várias plataformas onde você pode montar sua loja online e que oferecem a integração direta com fornecedores de dropshipping, simplificando ainda mais o gerenciamento dos pedidos e do estoque:

  • Shopify: A Shopify é uma plataforma de comércio eletrônico que permite aos lojistas e empresas criarem e gerenciarem suas próprias lojas online.Ela  oferece várias opções de aplicativos e plugins para integração com fornecedores de dropshipping como o Oberlo e o Dsers que permitem o dropshipping com diversas companhias, especialmente o Aliexpress, um dos principais fornecedores do mundo para esse modelo de negócio.

  • WooCommerce: Um plugin do WordPress que adiciona diversos recursos de e-commerce para um site na internet e possui várias extensões e plugins para facilitar a integração do dropshipping como o plugin AliDropship que é um excelente plugin de dropshipping para WooCommerce feito especificamente para vender com a AliExpress. Facilita a importação de produtos diretamente do AliExpress para a sua loja WooCommerce.

  • Magazine Luiza: Uma grande varejista brasileira que possui um programa de dropshipping para vendedores interessados em vender em seu marketplace.Para utilizar o serviço de dropshipping do Magazine Luiza, é necessário fazer parceria com um dos fornecedores cadastrados na plataforma, acessar a lista de fornecedores e escolher o que mais se adequa ao seu negócio.

  • AliExpress:É um marketplace com sede na China, mas que atua com vendedores de todo o mundo, disponibilizando um espaço virtual para comerciantes anunciarem seus produtos e que por meio do aplicativo plugin Dropi que você pode baixar na central de controle da sua loja online vai conectar seu e-commerce diretamente ao AliExpress, permitindo importar os produtos do catálogo.

  • Monetizze: Embora não seja uma plataforma de comércio eletrônico tradicional, a Monetizze é uma plataforma de marketing de afiliados e infoprodutos no Brasil que também oferece opções de dropshipping.


Conclusão

O dropshipping é uma oportunidade de negócio promissora que vale a pena considerar. Com baixo investimento inicial, flexibilidade, variedade de produtos e redução de riscos, esse modelo pode proporcionar um caminho lucrativo para empreendedores no Brasil. Com as diversas opções disponíveis no mercado nacional, é possível encontrar parceiros estratégicos e potencializar os seus resultados.

Se você deseja expandir seus horizontes no comércio online e aproveitar todas as vantagens do dropshipping, não hesite em iniciar sua jornada agora mesmo. A revolução do comércio online está ao seu alcance, e o futuro do seu negócio começa hoje! 

Acesse o grupo de Marketplaces e Dropshipping clicando aqui

​​
Linguagem corporal: 3 erros para você não cometer na entrevista de emprego!