​​

Educação Financeira: Você cuidando de seu dinheiro!

Educação financeira não foi uma matéria muito trabalhada durante o ensino fundamental e médio, sendo uma realidade que está mudando, para benefício das próximas gerações.

Mas para nós, é algo que precisamos buscar. E não é opcional - a saúde financeira agora vai definir como será nossa vida amanhã. E a vida de nossos entes queridos dependentes também. 


Por onde eu começo?


Um bom começo é buscar formas de evitar despesas com tarifas bancárias. Entenda: Bancos tradicionais podem ter tarifas para saque, transferência DOC ou TED, e até por consulta do extrato. Se você está pagando por estes serviços, busque uma oportunidade de conversar com o seu gerente para negociar isenção destas tarifas. Opte por serviços por aplicativo.

Considere abrir uma conta em um banco digital. 




Erros para eliminar da sua vida!


1. Comprar porque quer, e não porque precisa

2. Comprar algo que não cabe em seu orçamento

3. Priorizar desejos imediatos, a objetivos de longo prazo

4. Comprar para aliviar frustração, tristeza, solidão

5. Gastar tudo o que ganha, não poupar

6. Escolher produtos com base na opinião dos outros


Compras não são uma terapia. São uma forma de fugir de encarar nossos problemas. Se seus hábitos de compra estão prejudicando a saúde financeira de sua família, busque ajuda profissional. Um bom psicólogo pode ajudá-lo a administrar melhor os hábitos de consumo.


Plano de ação!


1. Assuma suas obrigações. 

2. Coloque suas despesas na ponta do lápis

3. Faça um controle, uma planilha por exemplo

4. Repense suas escolhas de consumo de marcas

5. Evite o imediatismo (“Quero comprar agora!”)

6. Experimente alguma forma de investimento

7. Desafie-se a mudar! Comece hoje!



Estou afogado(a) em dívidas...


É, o endividamento não é uma exceção para o brasileiro. Mas você pode sair desta situação com orientação especializada! Não desanime!

Comece com estes passos simples:


  • Não compre nada por impulso.
  • Faça escolhas conscientes.
  • Poupe dinheiro, pague a vista sempre que puder.
  • Aprenda sobre juros.


Tenha controle financeiro


O que é isso? 

Saber o que você tem, o que você gasta, o que você deve.


Sua prioridade é quitar as dívidas. Então não faça novas dívidas. Não se engane com o pensamento de que você tem saldo no cartão de crédito.Procure uma fonte de renda extra. Seja criativo, pense em seus talentos!Renegocie suas dívidas, se possível. Atente-se para juros e taxas.Pague primeiro a dívida com juros e taxas mais altas.Defina uma meta de onde você quer chegar.


Leia mais sobre ter controle financeiro aqui:


Resumos e Sinopses - Deixe de ser pobre! - O livro do criador do canal "Primo Pobre"


Veja como outras pessoas estão usando a cabeça e cuidando das dívidas.

​​
Linguagem corporal: 3 erros para você não cometer na entrevista de emprego!